Arquivo

Tag Archives: O rouxinol e a sua namorada


Quando foge o Sol

e aparece o luar,

o rouxinol

começa a cantar…

A noite toda se encanta

a noite fica encantada,

porque o rouxinol canta

para a sua namorada.

E a namorada, quieta,

ouve na noite que é bela

esse rouxinol -poeta,

esse rouxinol querido

que vai se marido

dela, só dela.

Texto de : Sidónio Muralha

Anúncios

Eu sou a coelha

e tenho um marido

que se chama coelho,

– sempre foi assim –

 e gosta de mim,

de mim,

de mim.

Galgámos os dois

todos os caminhos,

– só que eu não entendo,

no meu modo de ver,

porque  ele quer ter

mais coelhinhos,

mais coelhinhos,

mais coelhinhos.

Texto de: Sidónio Muralha