Os livros

Apetece-me  chamar-lhe irmãos,

tê-los ao colo,

afagá-los com as mãos,

Abri-los de par em par,

ver o Pinóquio a rir

 e o D. Quixote a sonhar,

e a Alice do outro lado

do espelho a inventar

um mundo de assombros

que dá gosto visitar.

Apetece chamar-lhes irmãos

e deixar  brilhar os olhos

nas páginas das suas mãos.

Texto de : José Jorge Letria

Canção

De borco

no barco

(de bruços

no berço…)

O braço é o barco

O barco é o berço

Abarco e abraço

o berço

 e o barco

Com desembaraço

embarco

e desembarco

De borco

no berço…

( De bruços

no barco…)

Texto de : Cecília Meireles

A centopeia

Um bicho sem patas?!

Um bicho com meias?!

Um bicho de sapatos e meias?!

Ah!… a centopeia!

 Bicho de cem patas e sem meias.

Texto de : Maria Conceição Sousa Vicente

A filha

Ela toma a minha mão, leva-me a ver

esse pedacinho do mundo que nos coube

e eu vejo sempre pela primeira vez

porque tudo muda constantemente.

Cada manhã tem outra estrela-da-manhã

e em todas elas me levanto para ir ver, pela mão dela, 

o novo mundo que nesse dia há.

à noite, vou espreitar

essa pequena mão adormecida

que aprisiona um grão de vento

e o tesouro ameaçado de alegria;

as sombras descansam no escuro

e, a essa hora,

também dorme a mão de Deus,

ninguém segura o fio

que liga a minha a outras vidas.

Nunca quis ter uma bola de cristal

mas poder ir, pela mão da minha filha, 

ver o futuro.

Texto de : Álvaro Magalhães

Jogo

Abro a caixa de inverno. Tiro os ventos, 

as rajadas de chuva, os bancos de neve de onde

fugiram todos os pássaros. Desenrolo à minha

frente os pântanos do inverno. Ando à volta

deles para desentorpecer as pernas; sacudo o frio das mãos; limpo a chuva que se me colou

aos cabelos. Depois volto a lançar os dados

– e avanço até à primavera.

Texto de : Nuno Júdice

A paz

“A paz é o livro

que ensina.

É uma vela no alto mar

e é o cabelo

da menina

que o vento consegui soltar.

E é o trabalho,

o pão, a mesa,

 a seara de trigo, 

ou de milho,

e perto

da lâmpada acesa

 a mãe que embala 

o seu filho.”

Texto de : Sidónio Muralha

Pardais

O pardal,

para quem o veja,

afinal

está sempre  à coca

da pardaleja

ou pardaloca.

Ela põe ovos bonitinhos

de onde saem os pardalinhos.

Texto de : Sidónio Muralha

Mas afinal …! Quem  não gostam deles?

Coitadinha da girafa

Tenho pena da girafa

de pescoço grandalhão.

– Como é que a pobre se abafa,

                        tendo uma constipação?                   

Coitadinha da girafa!

Quando me constipo

posso arranjar um cachecol.

Mas  com  aquele pescoço…

Safa!

Pobre girafa!

Vou oferecer-lhe um lençol.

Texto de Leonel Neves

Partida

Chega o outono!

As andorinhas

despedem-se das outras avezinhas

e vão pelos ares fora.

Vão-se embora.

Embora?

Não

que voltam         voltarão

quando a bela estação

da primavera

a que antecede o Verão

oferecer melhor vida,

Não têm agasalhos nem comida.

Vão para terras mais quentes

à procura do Sol que as consola,

Mas nós crianças

nós

todas contentes

partimos para a escola.

Texto de : Alice Gomes

Xadrez

É branca a gata gatinha.

É branca como a farinha.

É preto o gato gatão.

É preto como o carvão.

E os filhos, gatos gatinhos

são todos aos quadradinhos.

Fazem lembrar  mãe gatinha,

que é branca como a farinha.

Os quadradinhos pretinhos

fazem lembrar pai gatão,

que é preto como o carvão.

Se é branca a gata gatinha

e é preto o gato gatão .

Como é que são os gatinhos?

Os gatinhos eles são,

São todos aos quadradinhos.

Texto de : Sidónio Muralha

Afinal ,como são os gatinhos?

Aguardo os teus desenhos para ilustrar este poema.

Livro

Livro                                                                                                                                  

Um amigo para falar comigo,

Um navio para viajar,

Um jardim para brincar.,

Uma escola para levar debaixo do braço,

Livro

Um abraço  para além do tempo e do espaço.

Texto de: Luísa Ducla Soares

Ilustração de : André Neves

Roí- roí Rabina

Vocês sabem quem é Roí-roi Rabina?

Nervosa, cabiçosa, pequenina

remexida, renhida, feminina…

Vocês sabem quem é Roí-roí Rabina?

Ela bebe o azeite da lamparina,

Foge à raça felina que a extremina…

Vocês sabem quem é Roí-roi Rabina? 

Pelo pardo,olho vivo, cauda fina,

A vasta bigodeira que se empina…

Mas afinal quem è  Roí-roí Rabina?

A rata roedora que arruina

O celeiro da tia Rosalina.

Poema de António Manuel Costa Viana

O sol de papel

O menino tem o sol de papel

seguro por um cordel.

A atmosfera mole

cheira a pimenta e mel.                                   

O menino tem o sol 

seguro por um cordel.

Ou é um sol de papel? 

Ou é um sol de papel?

À tarde é um rouxinol

que canta nos olhos dele.

O menino tem o sol

seguro por um cordel.

Poema de Armindo Rodrigues
ilustração de Penelope Dullaghan 

mas ….Quantos animais vês?      Quantas pessoas vês? 

Descobre:

 Quantos contos tradicionais podes identificar nesta bonita ilustração de Sandra Nascimento?

Primata  II   

Macaquinho imitador

se falasse

era doutor

Dá saltos 

faz caretas

bate palmas                                                                                

corre a quatro                                                               

põe-se em pé.                                                                               

Descasca a fruta sem faca.

A sua mãe

a macaca

educou-o  muito bem.                                                                                 

Macaquinho imitador

se falasse

era doutor.

Trepa à árvore

salta o muro

joga a bola 

diz adeus

atira beijos.

Com um gesto diz que sim.

Com um gesto diz que não.

Mas falar…

não chega a tanto.

Se falasse era um encanto.

Poema de Alice Gomes 

(Ilustração de Mário Neves)

mas afinal, quantos são os  animais ?  

        

Chazinho das meninas bonecas

Era uma chaveninha de chá,

chá verde.

Era uma chaveninha de leite,

branco e doce.

Era uma chaveninha só,

de amizade pura,

e colheres pequenas para mexer,                           

o açucar em pó.

– Querem  mais açucar ?

O chá mais docinho !

– Não. Que doçura !

E bebam a chaveninha só,

de amizade,

doce, sem açucar em pó.

Só.

Poema de Matide Rosa Araújo

(Ilustração de Sarah Kay)

Mas, Lê as palavras

Recompensa 

Voou

por engano

uma flor.

Não sei se voou

um mês

ou se voou

 um ano, mas seja como for

voou uma vez,

duas, três

uma flor.

Entrou

na escola

e descansou

na sacola

 preta

preta

do menino branco

que estava no banco

e lhe chamou

borboleta.

E a borboleta

para agradecer

abriu a sacola

e ajudou o menino a fazer

os exercícios da escola.

Poema de Sidónio Muralha

(Ilustração Ailsa Burrows)

Será que a borboleta te pode ajudar a….?

 Procura os ovos

(carrega no sublinhado)

Boa Noite

A zebra quis

ir passear

mas a infeliz foi para a cama

– teve de se deitar

porque estava de pijama.

Poema de Sidónio Muralha

mas afinal, quantos macacos vês?

 

         

16 comments
  1. good website. i like all pages and all comments. thanks for all!!! regards!!!

  2. very nice site. good job.

  3. it is really an informative post. thanks buddy

  4. thanks to you i have learned something new today, thanks a lot.

    • Obrigado pelo comentário.

  5. looking forward to another great article. good luck to the author! all the best!

  6. cool post.

  7. what a fabulous post this has been. never seen this kind of useful post. i am grateful to you and expect more number of posts like these. thank you very much.

  8. really your blog have nice post so i became a permanent visitor of your blog.

  9. i loved coming to your website, from now on i will be always coming back here to visit.

  10. thanks for sharing this information. great, keep it up.

  11. this one’s very interesting.

  12. i just wanted to make a quick comment to say i’m glad i found your blog. thanks.

  13. thanks a lot for enjoying this beauty article with me. i am appreciating it very much!

  14. Mas que ótima qualidade encontrei nos posts muito bem redigidos desse blog. Matei-me de procurar mais notícias sobre esse assunto e você tirou tudo de letra. Magnífica informação que descobri aqui, vou favorita-lo!

    • Ficamos contentes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: