A formiga


Sete palmos,sete metros

Anda a formiga por um dia

Sete palmos a correr

Sete palmos devagar

Só para lamber o mel

Que lentamente escorria

Quer da boca, quer do pão,

Quer dos dedos do Miguel.

Texto de : Eugénio Andrade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: