A marcha triunfal II


« Passando por entre a rataria adormecida, foi à arca buscar uma casca de noz. Pregou-lhe um cabo e seis cordas de tripa.

– Experimenta essa guitarra, neto

Hato tocava qualquer instrumento sem precisar de aprender.
pôs-se a dedilhar a Marcha Triunfal e logo ao primeiro acorde todos os ratos acordaram.

Ao segundo  já chiavam em  coro:

“Quando um rato encontra um rato .

– Viva o Hato ! Viva o Hato !-

escapa ao gato

chora o gato

e canta o rato:

Sape-gato! Sape – gato!”

Repetiram a marcha pela noite fora, de tal forma que o Gato para ter sossego viu-se obrigado a emigrar para o telhado. Mas qual quê, mesmo lá em cima ainda continuava a ouvir chiar:

” Quando um gato encontra um rato… Viva o Hato! Viva o Hato!…»

Texto de: Violeta Figueiredo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: