Em novembro …


“Caem,

gordas, sonoras,

monótonas pingas de chuva

– espaçadas-

e indolentes

vão marcando uma toada:

ping, pang – ping, pang,

as pingas

da chuva de outono pardo.”

Texto de : A, Casais Monteiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: